Introdução Alimentar da Luluka

Se tem uma coisa que me frustrou na maternidade foi a questão da alimentação da Luanna, já largamos no negativo pelo fato de não ter conseguido o meu tão sonhado aleitamento materno exclusivo até 6 meses, com a introdução alimentar também não aconteceu como eu sonhava, mas pelo menos não está sendo tão traumático quanto à amamentação…rs!

Eu desde a gravidez senti vontade de fazer o BLW (Baby-led weaning) que em português significa desmame guiado pelo bebê, mas como a Luanna entrou no berçário aos seis meses, eu e pediatra decidimos começar a IA aos cinco meses, para que eu pudesse participar desse momento. Ai já começou o boicote ao BLW, pois a técnica exige que o bebê já sente sozinho e aos cinco meses ela ainda não sentava sozinha. Também tinha o agravante de que ela logo iria se alimentar na escola e o BLW não ia rolar por lá.

Começamos pelas frutinhas, tudo amassado ou raspado, de início ela estranhou obviamente e fez ânsia por várias vezes, na verdade essa ânsia na IA é chamada de reflexo de gag, que nada mais é que um reflexo inconsciente do bebê por sentir o alimento na língua que até então só conhecia o leite, esse reflexo também funciona como uma proteção pra evitar o engasgo, pois se a criança não conseguir engolir o reflexo faz com que a criança ponha o alimento para fora.

Começamos com a melancia por que na época estava bem calor e achei que seria refrescante, mas pela textura da fruta (meia dura) ela não curtiu tanto, seguimos no esquema de apresentar cada fruta durante 3 dias (apenas 1 X ao dia), ela amou a maioria das frutas, principalmente o mamão e a ameixa, só não curtiu muito o avocado (abacate).

Aos seis meses introduzimos os alimentos “salgados”, de primeira tentei oferecer os alimentos separados, apenas amassados / desfiados e temperados com alho, cebola e salsinha (sem sal). A refeição dela sempre tinha uma proteína, uma leguminosa, um carboidrato, um grão e uma folha. Nesse primeiro momento começamos a oferecer só no jantar para que eu pudesse participar já que no almoço ela já estava na escolinha. Até que estava indo bem, mas nesse meio tempo os primeiros dentinhos resolveram aparecer e bagunçaram tudo, ela perdeu totalmente o apetite, só aceitava mamadeira e se fosse gelada, tentei fazer a papinha, mas ela também só comia (bem pouco) se estivesse gelada. 

Aos sete meses eu voltei ao trabalho e ela passou a fazer todas as refeições na escolinha, eu passei a dar apenas as mamadeiras da noite e da manhã. A alimentação dela seguiu o esquema abaixo:

6:30 / 7 horas – mamadeira

9 / 9:30 – uma frutinha

11 / 11:30 – almoço

13:30 – mamadeira

15:00 – frutinha

17:00 – jantar

19:30 – mamadeira

23:30 – mamadeira

3:00 – mamadeira

Esse tanto de mamadeira é por que ela tem mamado pouquíssimo pra idade (baixa quantidade) e como tenho medo dela desidratar sempre ofereço essa mamadeira das 23:30. A mamadeira da madrugada eu só dou se ela pede, e ela tem pedido quase todos os dias.

Como passei a dar apenas as refeições aos fins de semana, na maioria das vezes compro papinha pronta, congelada com alimentos orgânicos, já testei algumas marcas pra tentar agradar ao paladar dela, por que as refeições são sempre uma luta, ela se cansa, fica sonolenta e começa a reclamar, isso por que sempre ofereço as refeições depois que ela acorda da soneca, já apelei até pra papinha da Nestlé (me julguem) pra ver se ela comia.

Eu queria que a hora da refeição fosse um momento prazeroso pra ela, mas na maioria das vezes é estressante por que ela come pouquinho e se cansa, fica irritada. Já fiz algumas tentativas de BLW e o momento ficou mais divertido, apesar da sujeira ABSURDA que faz, ela se irrita menos, brinca, põe na boca, mas obviamente come bem pouco, bem menos do que quando come papinha, Tenho me preocupado bastante com a alimentação por que ela também diminuiu absurdamente a ingestão de leite. A única coisa que ela come super bem é a frutinha, isso ela manda ver messmo, se deixar ela come um mamão papaia inteiro.

Sei que é uma fase nova pra eles e que como o próprio nome diz é uma introdução alimentar, que devemos ir no tempo deles, mas como mãe de primeira viagem sempre rola uma preocupação excessiva.

E por ai, como anda ou foi a introdução alimentar do bebê de vocês? Alguma dica pra essa mãe de primeira viagem?

Beijos

Um comentário sobre “Introdução Alimentar da Luluka

  1. Regiane de Morais Moreira disse:

    kkkk…aqui está frustrante também…😂😂😂…Ela come super a papinha na escola e no final de semana que eu que faço ela come pouco…Já cheguei a pedir a papinha da escola pra ver se a minha é tão ruim…kkkkk…mas acho que é o ambiente…várias crianças…sei lá. #chateada 😂😂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s